<$BlogRSDUrl$>

 

TABAGISTA ANÔNIMO

 

O MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE:

As opiniões sobre métodos de parar de fumar aqui apresentadas não seguem critérios científicos ou estatísticos, e podem não fazer sentido para outros indivíduos.

O autor deste site não tem nenhum vínculo com o grupo Tabagistas Anônimos.

 

::F.A.Q. do T.A.::
::Dicas do T.A.::
 
Blogueiros Contra o Tabagismo

Selo do BCT, fundo preto

Selo do BCT, fundo branco

 
links sobre tabagismo
:: e-mail-me ::
 
Rede Tabaco Zero
 
This page is powered by Blogger. Isn't yours?
 

 

-26 de fevereiro de 2004 -

Perguntas e Respostas do T.A.

- Quem é o Tabagista Anônimo?

Meu nome não tem importância. Me chame apenas de Tabac. Em breve completo 39 anos, 20 dos quais fumando, um maço por dia em média. Sou casado, minha mulher é ex-fumante, tenho duas filhas pequenas. Profissional liberal, trabalho num pequeno escritório onde eu é que crio as regras (portanto aqui não é proibido fumar). O resto, se for relevante, vou contando à medida que as idéias forem solicitando.

 

- Então você quer parar de fumar. Por quê? E por que agora?

Qualquer pessoa medianamente esclarecida pode listar dúzias de motivos para não fumar, os prejuízos para a saúde e tal. Eu sou sensato o suficiente para não discordar desses motivos já tão cientificamente comprovados. Mas também tenho consciência de que a razão, embora ajude, não basta para abandonar a dependência química. Se bastasse, nenhuma das pessoas medianamente esclarecidas fumaria. Preciso de outros argumentos além dos racionais: preciso de motivos emocionais, subliminares, inconscientes, motivacionais, espirituais, transcendentes, holísticos, ou qualquer outro nome que se queira dar aos processos não cognitivos que influenciam nosso comportamento.

Hoje o cigarro não é meu maior problema. Não estou (ainda) com nenhuma doença, nem nenhum outro inconveniente sério relacionado ao cigarro. Escolhi este momento porque acredito que os fatos na minha vida estão particularmente propícios para empreender uma mudança como esta. Para não me alongar no assunto, que foge um pouco do tema desse blog, digo apenas que estou buscando saciar minha sede de evolução.

Em resumo, sigo um impulso, que aceito de bom grado, sem muita elucubração. Minhas principais conquistas são frutos antes de impulso do que de lógica.

 

- E por que fazer um blog a respeito?

Para obter alguma cumplicidade. Uma promessa pública corre menor risco de ser quebrada.

Espero reunir boa informação, que nunca é demais, e discutir aspectos do tabagismo com fumantes, ex-fumantes e não fumantes dispostos a participar. Diferenciar o joio do trigo na vasta lavoura da cultura tabagista e da cultura anti-tabagista.

Espero poder deixar o relato de uma experiência bem sucedida que tenha algum valor para futuros ex-fumantes. Mas sem a pretensão de decretar a minha solução como sendo universalmente eficaz, já que cada um é cada um. Talvez você consiga aproveitar alguma coisa, talvez não. Dentre os recursos postos à disposição, aqui e em outros lugares, você vai ter de experimentar por sua conta e risco aqueles que fazem sentido pra você (sem esquecer dos fatores não cognitivos citados anteriormente...).

Para quem estiver mais interessado, talvez valha a pena ler este blog na ordem cronológica, ou seja, de baixo para cima, começando por esta página, a mais antiga do histórico, e ir subindo.

 

- Há quanto tempo você está sem fumar?

Quem foi que disse que eu parei? Ainda não parei. Neste exato momento, seguro o mouse com a mão direita, e um Marlboro com a mão esquerda. Pretendo marcar um Dia D em breve, com toda a pompa e circunstância que um evento tão importante merece.

Update :
Parei no dia 27 de Março de 2004. O Fumômetro, no alto da página, conta quantos dias estou sem fumar.

Update 2:
Tive uma recaída, e zerei o Fumômetro depois de mais de 120 dias sem fumar. Estou sem fumar desde o dia 14 de Agosto de 2004.

Update 3:
Cometi alguns pequenos pecados, depois alguns maiores, e acabei voltando à estaca zero.

Tabac - 19:50

Link para este post:

Criar um link

<< Voltar