<$BlogRSDUrl$>

 

TABAGISTA ANÔNIMO

 

O MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE:

As opiniões sobre métodos de parar de fumar aqui apresentadas não seguem critérios científicos ou estatísticos, e podem não fazer sentido para outros indivíduos.

O autor deste site não tem nenhum vínculo com o grupo Tabagistas Anônimos.

 

::F.A.Q. do T.A.::
::Dicas do T.A.::
 
Blogueiros Contra o Tabagismo

Selo do BCT, fundo preto

Selo do BCT, fundo branco

 
links sobre tabagismo
:: e-mail-me ::
 
Rede Tabaco Zero
 
This page is powered by Blogger. Isn't yours?
 

 

-5 de abril de 2004 -

Força Antivontade

Costuma-se dizer que para largar o cigarro é preciso muita "força de vontade". Eu acho que a expressão não é apropriada. Porque, para um tabagista, a vontade que vem com uma força descomunal é a de fumar. Assim, o que precisamos é de algo como uma "força anti-vontade", uma força que neutralize a vontade irracional que às vezes toma o controle das nossas ações.

A triste constatação, cada vez mais clara para mim, baseada em experiência própria e no relato de amigos ex-fumantes, é que a vontade de fumar NUNCA vai passar. Ela pode ser condenada à prisão perpétua, mas não à morte. Sempre que alguém fumar perto da gente, ou num momento de estresse, em que nada importa senão aliviar a tensão, ou num momento de descanso muito merecido, ou numa grande comemoração, ou durante um luto, a vontade vai acordar para te assombrar, vai trazer o diabinho e o anjinho do desenho animado, um em cada ombro seu, numa retórica infinita entre o Bem e o Mal, entre o hedonismo e a virtude do caráter, entre o presente e o futuro.

Por isso, faz sentido pensar que embora seja possível deixar de fumar, nunca deixarei de ser um tabagista. Terei de aprender a viver com um desejo eternamente não satisfeito. E isso não pode ser tão difícil assim. Afinal, a gente não compra todos os livros que quer ler, não come todo o colesterol que tem vontade, não passa o ano todo na praia em férias, não transa com todas as mulheres gostosas que encontra...

Tabac - 13:26

0 Comentários:

Postar um comentário

Link para este post:

Criar um link

<< Voltar